terça-feira, 17 de julho de 2012

KPI's de Recrutamento




Key Performance Indicators:




1) Custo por Contratação (Recrutar com um investimento financeiro ideal)
2) Qualidade da Contratação (Recrutar o melhor candidato)
3) Tempo de preenchimento (Recrutar rapidamente)

1) CPH (Cost-per-Hire) é uma fórmula utilizada para medir os custos associados ao recrutamento, desde o momento da necessidade na organização até à contratação.
CPH= ((ΣCustos externos + ΣCustos internos)/Número total de contratações num determinado período de tempo)
Custos externos: agências de recrutamentos, anúncios, feiras de emprego, …
Custos internos: custos associados à equipa de recrutamento.

2) Qual é o impacto da nossa contratação? QoH (Quality of hire) é uma fórmula utilizada para calcular a qualidade das contratações num determinado período de tempo.

QoH = (PR + HP + HR) / N
-PR = Média dos resultados do desempenho dos novos contratados
-HP = % de novos contratados que atingem um certo nível de produtividade dentro de um determinado período de tempo
-HR = % de novos contratados que ficaram na empresa no último ano
-N = número de indicadores

Exemplo:
-PR = Média de 3.5 numa escala de 5.0 = 70%
-HP = de 100 contratações realizadas durante o último ano, 75 atingiu os níveis de produtividade esperados = 75%
-HR = 20% turnover = 80% HR
-N = 3
-Quality of Hire = (70 + 75 + 80) / 3 = 75

3) O tempo calculado é desde o momento que há uma necessidade na organização até ao momento em que o candidato é contratado.
Como podemos diminuir este tempo? Como é que este indicador pode ser traduzido num KSI (Key Success Indicators)?
Onde é que podemos cortar?
Para isso tem de haver uma análise analítica de modo a poder identificar os outliers.

Podemos dividir este indicador em 2 + 1 partes:
- STI (Source to Interview) – a monitorização da fase sourcing (recrutar para triar/entrevistar) permite a identificação de processos envolvidos nesta etapa e o tempo despendido nos mesmos, tais como identificação e atracção de candidatos.

- ITH (Interview to Hire) – esta parte permite identificar o porquê. Porquê que demorou tanto tempo a contratação? A monitorização pode ajudar a identificar os outliers positivos e negativos. Por exemplo: 2 pessoas contratam para o mesmo departamento, após análise é possível verificar que uma é mais eficaz que a outra – uma demora 3 entrevistas até encontrar o candidato adequado e a outra demora 7; ou, numa determinada região geográfica o ITH é 3 vezes maior do que nas outras regiões – as entrevistas são frequentemente canceladas e remarcadas.

- TTH (Time to Hire) – fazer uma análise de todo o tempo despendido consoante a job family (funções relacionadas), a geografia, o departamento (ex.: marketing ou vendas), etc.


Com base nestes 3 KPI's é possível determinar até que ponto o nosso recrutamento ou a nossa campanha de recrutamento numa determinada época foi eficaz? 
Até que ponto há um ROI?